Melhor amigo do idoso é o porteiro do prédio, diz pesquisa


O melhor amigo do idoso é o porteiro do seu prédio, e o pior inimigo é o motorista de ônibus. As conclusões são de uma pesquisa coordenada pelo professor Alexandre Kalache, especialista em terceira idade, no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro.

“As respostas foram espontâneas, ninguém perguntou quem era o melhor amigo ou o pior inimigo, os idosos deram essas informações espontaneamente”, diz o professor.

O porteiro é o melhor amigo do idoso porque monitora a sua situação, ajuda quando há uma necessidade, está atento e conversa com o idoso, criando uma relação de confiança, segundo Kalache.

Já os motoristas de ônibus são vistos como os piores inimigos porque não param no ponto e arrancam antes que o idoso possa se sentar, dificultando o transporte.

A pesquisa, feita pela primeira vez em 2006 em Copacabana, teve a adesão de outras 35 cidades, formando uma rede global pelas cidades amigas dos idosos. Com isso, as cidades podem trocar experiências e melhorar as condições de vida ativa para os idosos que moram nelas.