Tudo o que você precisa saber sobre antenas

Disponíveis em diferentes modelos, esses aparelhos melhoram a qualidade da imagem da TV


Para ter uma boa imagem na TV da sua casa, pode ser preciso instalar algum tipo de antena. Diante de tantas opções disponíveis no mercado, você pode ficar com dúvidas sobre o modelo mais adequado. Mas não se preocupe, pois nós listamos as características de algumas versões. Quer saber o melhor? A Leroy Merlin assume o compromisso do preço baixo, portanto, todas as opções estão com preços imperdíveis.
Antena interna

A antena interna convencional é de fácil instalação e possibilita o ajuste por canal. Por estar dentro de casa, o produto pode receber sinais com menor intensidade – por isso, é indicado para quem mora em andares altos de prédios ou em locais elevados. A interna amplificada, por sua vez, possui as mesmas características da convencional, porém, utiliza um amplificador para melhorar ainda mais a imagem da sua TV, justamente porque intensifica o sinal captado.

Antena externa

Agora, se você optar pelo modelo de antena externa convencional terá um pouco mais de trabalho para instalá-la, mas a recompensa é maior: por não encontrar muitas barreiras (como paredes e objetos), essa versão capta os sinais com mais facilidade. Para intensificar ainda mais o sinal da sua antena, escolha a externa amplificada.

Antes de adquirir qualquer modelo de antena, lembre-se de analisar as limitações geográficas e arquitetônicas da sua casa e a proximidade de áreas com torres transmissoras – esse fator favorece o recebimento de sinal e, por isso, o produto terá melhor desempenho. Mas fique de olho: se a área onde você mora tem grande recebimento de sinal, não opte pela antena amplificada. Isso porque ao amplificar o sinal, a antena pode gerar também o aumento de ruído.

Você ainda tem dúvidas sobre qual produto adquirir? Uma ótima dica é observar as residências próximas: caso tenham muitas antenas externas, você provavelmente precisará de uma.
Conversor digital

Quem ainda não possui TV com tecnologia capaz de receber sinal digital, recomenda-se o uso de um conversor. Esses aparelhos “decifram” a frequência transmitida pelas emissoras e, dessa forma, convertem o sistema analógico em digital. A vantagem é a melhor qualidade da imagem. Ah, e na hora de escolher o produto, lembre-se de analisar a compatibilidade da televisão com o equipamento.

O que são VHF e UHF?

As antenas funcionam por meio de sistemas de recepções diferentes, são eles: VHF (Very High Frequency, ou de frequência muito alta) e (Ultra High Frequency, ou frequência ultra alta). Em locais pouco urbanizados, em regiões mais elevadas e em andares mais altos de prédios, recomenda-se utilizar antenas VHF. Modelo atual responsável pelos sinais dos canais 14 até o 69, o UHF é mais utilizado em centros urbanos – uma vez que possui maior capacidade de ultrapassar obstáculos, como paredes e outros objetos.

Fonte: Redação.
TAG