Redução de custos no condomínio

Na lista das maiores despesa e grande parte das famílias brasileiras está a taxa de condomínio


E a boa notícia para os moradores é que é possível reduzir custos em até 35% em alguns casos. Tudo depende de uma boa administração e do comprometimento dos moradores.

O primeiro passo para reduzir custos no condomínio seria que todas as compras do condomínio sejam precedidas de pesquisa de preços e orçamentos (mais de um, para poder ser feita a comparação e a escolha). Pelo mesmo motivo, em caso de reformas e consertos, o condomínio deve fazer essa “licitação” particular, solicitando vários orçamentos antes de encomendar os serviços.
Para fazer isso de forma simples, vários condomínios tem adotado sistemas de gerenciamento online, em que é possível gerenciar praticamente todas as despesas do condomínio através de aplicações online, um exemplo disso é a empresa Seu Condomínio, que oferece esse tipo de sistema para facilitar a vida dos síndicos na hora de gerenciar de forma geral seus condomínios. Segundo a empresa, com a utilização do software é possível reduzir até 35% dos gastos, refletindo diretamente no bolso dos moradores, pois irão pagar uma taxa de condomínio muito mais barata.

Outra forma que vem sendo aderida por alguns condomínios para redução de gastos é a instalação de sistemas de automação predial, esse sistema possibilita o gerenciamento real de iluminação, climatização, segurança, consumo de energia, água e gás, agregando a eficiência com a consequente redução de despesas operacionais. Outro destaque apontado é a redução de custos com funcionários, já que muitos vigilantes, porteiros e zeladores podem ser substituídos por um operador, que acompanha as imagens das câmeras em um único monitor.
TAG