Parte de fachada de prédio na Asa Sul cai e assusta moradores

Não houve feridos, mas os bombeiros orientam que responsáveis por edifícios façam avaliações de estruturas com a chegada do período de chuva

Parte da fachada do bloco E da quadra 316 Sul caiu na manhã desta quarta-feira (9/11), após as chuvas que atingiram a região durante a madrugada. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local, mas ninguém se feriu.


Os profissionais constataram a queda de parte do reboco do prédio (foto abaixo). O local foi isolado e a síndica orientada a fazer uma avaliação e proceder com a manutenção da fachada.
Os bombeiros ainda alertam que, com a chegada do período de chuvas, prédios, casas, muros e marquises devem passar por avaliação estrutural.

Além disso, torna-se mais importante a limpeza de calhas, rufos e telhados para que sejam evitados acidentes e danos materiais.

“Mais uma vez ficou comprovada a necessidade dos síndicos, bem como de todos os condôminos, aprovarem em assembleia a contratação de profissional especializado para diagnosticar a edificação predial, haja vista a possibilidade de situações ocultas na parte construtiva do edifício poder causar prejuízos materiais, bem como chegar ao ponto de ocorrer o pior, ou seja, algum transeunte ter sua vida ceifada. Assim, ao ver do Sindicondomínio-DF, em virtude dos transcorrido temporal das construções, os síndicos devem urgentemente contratarem profissionais habilitados para verificarem as patologias da edificação e as prioridades para prevenir problemas como o que ocorreu na quadra 316 da Asa Sul. Jamais podemos esquecer que a omissão voluntária do gestor condominial, ou sua negligencia, poderá acarretar prejuízo patrimoniais e até de liberdade para ele mesmo”, Delzio João Oliveira Junior, Assessor Jurídico do Sindicondomínio-DF.
TAG
Author Avatar
Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)