Entrevista com Paulo Melo, presidente da ABRASSP - Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais

Em uma entrevista exclusiva concedida ao portal o presidente da Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais - ABRASSP, Paulo Melo. Em sua entrevista o síndico profissional fala o que o motivou a assumir o comando da ABRASSP e as suas metas a frente da associação confira abaixo a entrevista concedida ao portal

“Não temos a pretensão de buscar e conferir total poder aos síndicos, nem transforma-lo em um "SUPER HOMEM", até porque todo e qualquer ato de imperícia, negligencia, imprudência e outras responsabilidades, tem efeito de reflexo nos bens e patrimônio de quem exerce a sindicatura.”

O QUE É A ABRASSP?

Associação Brasileira da Síndicos e Síndicos Profissionais, é uma associação com alto nível padrão ético, que almeja reunir, defender e desenvolver ações Profissionais à classe de Síndicos.

QUAL A SUA FINALIDADE? 

Reunir, defender e profissionalizar as ações dos síndicos, que tem se mostrado, em muitos momentos, amadoras e improvisadas, conforme inúmeras ações judiciais que percorrem os tribunais de todo pais. Muitos casos por imprudência, imperícia e tantos outros por negligencia. Não temos a pretensão de buscar e conferir total poder aos síndicos, nem transforma-lo em um "SUPER HOMEM", até porque todo e qualquer ato de imperícia, negligencia, imprudência e outras responsabilidades, tem efeito de reflexo nos bens e patrimônio de quem exerce a sindicatura. Queremos erradicar a falta de conhecimento de nosso meio, queremos profissionalizar e superdesenvolver, para assim prestarmos de fato, um bom serviço primeiramente à comunidade a que pertencemos e atingindo secundariamente toda sociedade e criar prerrogativas éticas de atuação que beneficiarão a todos, indo na contramão das políticas públicas que tem se mostrado cada vez mais sem efeito e ação. No final de março desse ano nós lançamos 14 projetos e programas de apoio ao síndico e síndico profissional.


QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS PROJETOS E PROGRAMAS DA ABRASSP?

Começamos uma serie de programas e projetos que hoje são cerca de quatorze, os quais beneficiam morador, síndico e funcionários de condomínios. Atualmente a ABRASSP tem o programa QUALISÍNDICOS, que visa a qualificação de síndicos e que está em sua decimas sexta turma com cerca de cinco mil síndicos beneficiados. Temos a Rede de Síndicos Profissionais em 10 estados com 100 síndicos profissionais trabalhando em rede com procedimentos parecidos em todo o Brasil. Criamos também o programa de Certificação Profissional para síndicos profissionais, que visa certificar o profissional com uma serie de itens para atestar a ética profissional, qualidade e competência. Nós fizemos também o programa de certificação empresarial de qualidade, que quer criar um novo conceito de credibilidade e qualidade por meio de certificação de qualidade das empresas que os síndicos contratam. Temos o PAS 24 HORAS, que é o programa de atendimento ao síndico 24 horas pelo WhatsApp 61 9 8225-4660 e por telefone 61 4101-8158, dessa forma a ABRASSP disponibiliza a Central de Atendimento 24 Horas para o Síndico e Síndico Profissional em caso de duvidas urgentes. Também prestamos assessoria gratuita, referentes á gestão condominial, com foco nas seguintes áreas: assembleias, engenharia, vistoria ,inspeção, gestão tributária, recursos humanos, previdenciário, contabilidade, legislação aplicada a condomínios, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão de conflitos, gestão administrativa, responsabilidade civil e criminal, essas ações estão dentro do programa de Apoio Técnico ao Síndico. O programa de Apoio Especializado In Company, busca ser uma solução customizada de apoio especializado para síndicos e síndicos profissionais, que precisam de apoio in loco para atualizar e aprimorar as suas competências condominiais com o atendimento personalizado propõe opções customizadas aos síndicos por meio de consultoria e assessoria nas mais diversas áreas condominiais. Fizemos também o programa de valorização, apoio e respeito ao síndico “Mais Síndicos”, para criar oportunidades que proporcionem valorização, apoio, respeito, crescimento pessoal e profissional de síndicos e síndicos profissionais, pois acreditamos que o os gestores condominiais são o nosso maior patrimônio. O programa Síndicos Sustentáveis, vem buscando sensibilizar e mobilizar os síndicos de condomínios para que desenvolvam ações de forma econômica, social e ambientalmente sustentável, para oferecer aos gestores condominiais uma agenda completa de sustentabilidade condominial. Já o Bate-Papo com síndicos, busca esclarecer alguns problemas em comum, que os síndicos enfrentam no dia-a-dia. O programa de Relacionamento Interpessoal quer o fortalecimento dos vínculos entre síndicos, condôminos, funcionários e prestadores de serviço. O programa Condomínio Para Todos, busca a promoção da acessibilidade, eliminando barreiras arquitetônicas para deficientes ou pessoas com mobilidade reduzida. Já pelo programa ABRASSP CIDADÃO, vamos apoiar as pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio de alimentos e outros itens recolhidos em cursos de síndicos realizados pela ABRASSP e buscar a superação da pobreza por meio do artesanato, ações sociais e educação. Por último, vamos lançar nos próximos dias o programa Mais Segurança, que cria um protocolo de segurança, para ser lançado pelos síndicos nos condomínios, para ser aprovado pelos condôminos em assembleia e seguido por todos do condomínio.



QUEM PODERÁ FILIAR-SE? Inicialmente Maiores de 18 anos que assumiram a sindicatura ou almejam assumir. Posteriormente, com a regulamentação da profissão, podemos vir a ter mudanças para que possamos nos enquadrar e entregar a que propomos.

A ASSOCIAÇÃO É COMPOSTA DE SÍNDICOS DO BRASIL INTEIRO? Sim, hoje estamos em 10 estados e pretendemos cobrir todo território nacional, para que haja uma homogeneidade entre os estados que compõem as sociedades do nosso Brasil amado e não ter um estado mais avançado que o outro, promovendo assim a igualdade nos procedimentos.





QUEM PODERÁ FILIAR-SE? Inicialmente Maiores de 18 anos que assumiram a sindicatura ou almejam assumir. Posteriormente, com a regulamentação da profissão, podemos vir a ter mudanças para que possamos nos enquadrar e entregar a que propomos.

A ASSOCIAÇÃO É COMPOSTA DE SÍNDICOS DO BRASIL INTEIRO? Sim, hoje estamos em 10 estados e pretendemos cobrir todo território nacional, para que haja uma homogeneidade entre os estados que compõem as sociedades do nosso Brasil amado e não ter um estado mais avançado que o outro, promovendo assim a igualdade nos procedimentos.


A ASSOCIAÇÃO PRETENDE FIRMAR PARCERIA E CONVÊNIOS COM OUTRAS ASSOCIAÇÕES E ENTIDADES? Sim, está também é uma de nossas metas. Acreditamos que parcerias firmadas com as entidades certas, com por exemplo o CONASI, SINDICONDOMÍNIO, UNICA, a ASSOSÍNDICOS DF e SP, é um viés fundamental para o fortalecimento, difusão e crescimento do que propomos. Quanto mais parcerias, mais força. Obviamente que será observado os padrões éticos de atuação das entidades antes de firmar qualquer parceria.

EM RELAÇÃO AO MERCADO DE TRABALHO, A ABRASSP VAI CRIAR UMA CARTEIRINHA PROFISSIONAL? 

Queremos criar uma carteirinha de síndico profissional que será parecida com a OAB na qual futuramente o Síndico Profissional terá que fazer uma prova para receber a carteirinha de síndico profissional da ABRASSP. Com isso os síndicos profissionais vão exercer suas atividades com ética, profissionalismo e conseguir entregar resultados que os condomínios necessitam. Então quando a profissão for regulamentada, iremos criar uma carteirinha de identificação e qualificação para a classe.

E QUANTO Á INADIMPLÊNCIA DOS CONDÔMINOS, EXISTE É PREOCUPANTE?

Sem dúvida, a inadimplência existe é preocupante e deve ser mantida em um nível de faixa que não afete as finanças e abastecimento das commodities do condomínio e seu percentual deve ser previsto em previsão orçamentaria. Com o novo CPC facilitou a cobrança da inadimplência. Mas é prerrogativa da função de síndico, cobrar os inadimplentes, imputando-lhes acordos com intermédio de empresas de administração ou de cobrança, nunca negociar sem termo da negociação e nem receber em conta diferente a do condomínio, deve atuar com cobranças extrajudiciais, judiciais para penhora dos bens, que é o que tem resolvido a recuperação de crédito nos condomínios e inserções nos órgãos de crédito, quando assim for decidido em AGE. Enfim, montar um plano de recuperação de Crédito, como por exemplo, cobranças cíclicas dentre outras ações citadas anteriormente.

EM RELAÇÃO AOS CUSTOS, O QUE MAIS TEM ONERADO OS CONDOMÍNIOS E A GESTÃO DOS SÍNDICOS QUE O SENHOR REPRESENTA? 

Tenho percebido que cobranças indevidas por parte dos fornecedores, em especial as de fornecimento de água, as ações judiciais a má gestão e a má destinação dos recursos vinculada com a desonestidade tem elevado os custos. Estes fatores tem se mostrado em nossa atualidade os ofensores nas contas dos condomínios. As empresas de fornecimento de água, por cobrarem um produto chamado "resido" nas contas, elevando seus valores a valores absurdos, impossíveis de prever em orçamento, porque um mês pode vir baixo dentro da faixa de cobrança porem no outro mês pode vir muito acima da previsão e na prática não cumprem em totalidade as determinações dos regulamentos das empresas reguladoras que determinam uma seria de ações corretivas quando esse "resido" é alto, não permitindo se quer, que os condomínios possam instalar "valvular retentoras de resido" em suas instalações. Estas empresas fornecedoras deixam acumular grandes valores para depois cobrar na justiça. Ações judiciais de qualquer natureza, principalmente trabalhistas também podem causar muita dor de cabeça ao condomínio e um rombo desordenado e inesperado às finanças. E a má gestão, má destinação dos recursos vinculada desonestidade de pessoas sem o menor princípio ético que ocupam a sindicatura, criando demandas fictícias e gerando custos desnecessários, como podemos acompanhar na mídia inúmeros casos de roubos, dentre outros casos que não convêm vincular nesta excelente matéria e iniciativa do portal. Por isso todo corpo de conselho fiscal e outros que o condomínio possuir devem ficar atentos e buscar juntos a solução.

COMO SERÁ A RELAÇÃO COM ENTIDADES CONDOMINIAIS E GOVERNAMENTAIS? 

Será de cumprimento às leis e de parceria para desenvolvimento mutuo.

COMO É ENCARADA ESSE INÍCIO DA GESTÃO DO PRESIDENTE TEMER ?

O síndico em exercício do Brasil está tomando as medidas duras que o país precisa. Mas vejo com muita tranquilidade e confiança, porque nosso brasil é grande, rico com um povo diferenciado. Penso que o presidente da república é um grande sindico com atribuições além do sindico convencional, com total autonomia e ferramentas na busca da excelência na gestão do nosso condomínio pais. Penso também que, se o Brasil fosse tratado como um condomínio, talvez tivéssemos mais segurança, cultura, educação, limpeza, organização e coordenação, com mais espaços autônomos e comuns adequado a todos, pois pagamos uma alta taxa deste condomínio, que são os impostos. Porque digo isto, porque quando queremos residir em um condomínio, é porque as ações dentro de um condomínio são coordenadas e previstas e o imprevisto é administrado. Não digo que o Presidente está errando nisso ou naquilo, ele é uma grande gestor e acredito que está procurando fazer o melhor, não é fácil movimentas grandes ações, pois o reflexo de grandes ações tem grandes efeitos também, seja para bem ou para mal, então dever feito com cautela, parcimônia e consistência para tudo se concatenar em qualidade. Penso também que os corruptos desse nosso condomínio pais, devem ser punidos e devem devolver o que roubaram para a contado estado. E deixar e para no bolso dos menos favorecidos e assim poderem manter seus recursos para arcarem com as taxas de seus condomínios, que é fundamental para a suas manutenções e existência das edificações, para não gerarmos edificações depredadas e sucateadas como em muitas partes do pais. Presidente, conte conosco na Gestão desse nosso Condomínio Brasil.

QUAIS SÃO AS RECLAMAÇÕES MAIS PREMENTES DOS SÍNDICOS PROFISSIONAIS EM RELAÇÃO AOS CONDOMÍNIOS?

A falta de cultura de se morar em condomínio, por parte da maioria de seus moradores. Pois se tivéssemos uma cultura de qualidade neste princípio, consegue-se desenvolver as previsões orçamentarias, o cumprimento das convenções e normas internas, e todo restante. A cultura vinculada ao conhecimento que queremos que os síndicos profissionais tenham, com certeza teríamos outra realidade.

PARA FINALIZAR PRESIDENTE VOCÊ PRETENDE DISAPUTAR ALGUM CARGO PÚBLICO OU DISPUTAR A REELEIÇÃO COMO PRESIDENTRE DA ABRASSP?

Muito boa essa pergunta! Não, eu não sou candidato á nenhum cargo público como deputado distrital ou federal, não sou candidato á reeleição na ABRASSP e devo marcar para o final de junho uma eleição de nova diretoria da ABRASSP, antecipando dessa forma o fim do meu mandato na ABRASSP, uma vez que o cargo de presidente da ABRASSP tem que atuar por todo o Brasil, viajando muito e eu quero focar na minha família e nos condomínios que eu atuo como síndico profissional no DF, mas eu vou disputar a próxima eleição da ASSOSÍNDICOS/DF. 

PINGA FOGO (respostas rápidas)

1- SÍNDICO – Gestor de previstos e imprevistos.

2- SÍNDICO PROFISSIONAL – Quem busca saber como fazer e agir.

3- CONDOMÍNOS – Lar comunitário.

4- REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO – imprescindível para o direcionamento e desenvolvimento.

5- DISTRITO FEDERAL – Condomínio maior dos Brasilienses.

6- BRASIL – O nosso grande condomínio.

7- ROLLEMBERG – Síndico em exercício do Distrito Federal que está tentando fazer o melhor para o seu povo, com a redução de recurso no orçamento causado pele crise econômica.

Foto: Tiago Miranda.
TAG
Author Avatar
Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)